Pages

quinta-feira, 26 de julho de 2007

E agora, Jobim?!

Lula empossou Nelsou Jobim ministro da Defesa - ou, como genialmente escreveu hoje o jornal Zero Hora, de Porto Alegre, "Jobim assume a crise aérea". Autoridade, inteligência, disciplina. Essas são as principais palavras associadas a ele.

Autoridade. Do Houaiss, direito ou poder de ordenar, de decidir, de atuar, de se fazer obedecer. Isso anda em falta no Brasil, principalmente no que se refere à crise aérea. Alguém que tome decisões, cobre realizações e assuma conseqüências. Pode ser bom.

Inteligência. Do Houaiss, faculdade de conhecer, compreender e aprender. Isso anda muito em falta no Brasil, principalmente no que se refere à crise aérea. Conhecer os problemas, compreender as atitudes necessárias e aprender com os erros, seus e dos outros. E para não falar / fazer abobrinhas. Pode ser bom.

Disciplina. Do Houaiss, obediência às regras e aos superiores. Isso anda muito em falta no Brasil, principalmente no que se refere ao poder público. Disciplina para cumprir o combinado, para cumprir a lei. Pode ser bom.

Autoridade, inteligência, disciplina. É disso que o Brasil, principalmente o setor aéreo, precisa nesse momento. Há quem diga que ele não tem competência para organizar um setor em crise há tempo demais. Que lhe falta conhecimento sobre aviação. Bom, se isso fosse sinônimo de sucesso, Juniti Saito e o brigadeiro José Carlos Pereira, homens do ar, teriam impedido que a situação chegasse onde está.

“Nunca se queixe, nunca explique, nunca se desculpe. Aja ou saia. Faça ou vá embora”, afirmou Jobim, reproduzindo uma frase do ex-primeiro ministro inglês, Benjamim Disraelli. Gostei.
Jobim não vai salvar a pátria. Mas talvez leve um pouco de ordem a esse caos. Talvez, seja um gestor, no mais amplo sentido da palavra.

Pelo bem do Brasil, desejo-lhe sucesso.

Um comentário:

Olivetti disse...

Como disse ontem mas que nao apareceu aqui hahaha: desejo sorte, mas não pro Jobim, pois mesmo que ele falhe, como voce mesma disse, logo se esqueceram dele, mas ao povo brasileiro, para que ele seja a pessoa certa para fazer o máximo possível (mesmo que o máximo seja mínimo necessário)

já já respondo o email, achei muito legal o texto que você me mandou! (alias tive uma idéia interessante que talvez você goste)

LinkWithin