Pages

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Mulher com filho

Li ontem mais algumas crônicas do livro Canalha!, de Fabrício Carpinejar. Deparei com este texto:

NAMORANDO MULHER COM FILHO

Namorar mulher separada com filhos já foi visto como uma dificuldade. Seria complicado conquistar a criança, conviver com o outro pai, ter um cantinho para namorar sozinho. A criança era recebida como um problema, uma restrição à liberdade e à intimidade. A suspeita é que ela não estava procurando um namorado, porém um pai para seu pequeno. Isso mudou. Não tenho dúvida de que namorar mulher com filho pode ser muito melhor do que namorar mulher sem filho. A mulher com filho aproveita seu espaço. Responsável para fora, e possivelmente louca e criativa com você. Ela valoriza cada ida a um restaurante como se fosse uma viagem ao exterior. Não precisa bater ponto na balada, para dizer que está feliz. Encontra o contentamento num café da manhã ou em um filme no sofá.

Não bancará a mimada ou começará discussões tolas sobre se está bonita ou não, se está gorda ou o espelho do provador é que emagrece. Não se endividará do futuro, supera as adversidades com humor. Tem a vaidade da autocrítica. Consegue ser surpreendente com as banalidades, não está comprometida em impressionar, e sim em ser verdadeira. Descobriu que a verdade é mais sedutora do que a mentira. Interessada em repartir o prazer, correr as pernas debaixo da mesa, fazer gafe acompanhada para contar às amigas. Reconhece o valor de uma lingerie preta, pois usa em casa um pijama gasto. Ela será bem solta na cama, plural, não sofrerá pudor em confessar fantasias, não ficará transando consigo mesma. As mãos do homem serão seus seios. Abrirá sua memória com a habilidade de vestir fantoches, falará com franqueza de quem consegue acalmar os pesadelos do filho.

Ela vai trabalhar, cuidar da escola e da casa, do almoço e das contas, e nunca reclamará que carece de tempo para sair. Beijará como se fosse uma adolescente redescobrindo o corpo, com a diferença de que não terá medo do corpo. Não será uma sogra antecipada - tornou-se sua própria mãe. Não permanecerá muda diante de você, sobrarão assuntos para comentar, opinar e dar foras. Não concordará com tudo para agradar, o que é mais gostoso, sua personalidade combativa, decidida, discordante não suporta fingimentos. Ao invés de brigar, irá sugerir soluções. Afinal, é o que faz todo dia. Não cobrará a ânsia de uma família, mas mostrará aos poucos o que é uma família. Será cautelosa com as dores e pródiga com as alegrias. Uma mulher com filhos é amorosa porque conhece a fundo a solidão para sair dela.


Fabro, querido, as mulheres solteiras que têm filhos agradecem penhoradamente.
PS: Tens programa pra hoje?!?


Falando sério agora. Desde que me tornei mãe, superei diversos desafios, aprendi muito e esses processos continuam. Porém, umas das coisas que eu ainda não consegui resolver muito bem é esse lance de namorar.

Toda vez que vou sair para uma balada, para encontrar amigos (se rolar aquele papo "bah, vou te apresentar um gatinho..."), eu fico me sentindo A culpa em pessoa. Aquela coisa de anjinho e diabinho no ombro. Um dizendo que eu tenho é que ficar em casa cuidando da minha filha, outro que eu sou gente e tenho mais é que me divertir. Só não sei bem quem diz o quê.

Eu sei, racionalmente, que eu não estou abandonando a minha filha sozinha em casa (como umas tipas por aí) já que ela fica ou com a avó ou com o pai, bem cuidada. Sei que eu estou fazendo tuco certo, que eu sou solteira e jovem e, como todo mundo, tenho direito à diversão e ao lazer. Eu sei tudo isso. Mas me dá uma certa angústia. Uma sensação de estar fazendo coisa errada. Se eu fico sabendo que Valentina acordou perguntando por mim, então... Não tenho deixado completamente de sair em função disso, mas preciso ficar me policiando para desencanar.

Well, go terapia, então...

16 comentários:

Fabricio Olivetti disse...

isso é porque na sua filha você encontra verdadeiro amor e talvez qualquer outro amor possa parecer incerto!

Ana Carla Benet disse...

Nossa que legal esse texto. Realmente a visão está mudando, né?

Vc é uma mãe muito cuidadosa e isso é lindo, mas precisa tb pensar em vc. E isso, por tabela, vai fazer bem pra ela, pois, vc estará feliz !!!

Bjo

Thaty disse...

Passei tanto por isso! Mas desencanei e, no fim, tudo deu certo! rs

Você é uma excelente mãe!

Beijocas

Anônimo disse...

não! não tenho nem um programa para hoje a noite nem vou sair vou ficar pela área
na moral queria sair contigo

Denise disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Denise disse...

Eu moro em São Paulo, e namoro um rapaz do Rio de Janeiro, ele tem 19 anos e eu tenho 29, tenho um filho de 7 anos. Me sinto super responsável e preparada para me casar novamente, pois quando conheci ele, consegui vencer todos os meus medos e traumas, e ele também está super empolgado em formar uma família comigo. A gente se entende..somos amigos acima de tudo. Mas Ele foi conversar com o Pastor e ele disse que está tendo uma atitude irracional, porque eu sou católica, já fui casada, e como separei, estou no pecado, tenho um filho, ou seja, teremos contato com meu ex-marido sempre, e isso pode causar um pouco de ciumes, e tem ainda a distancia, onde um vai ter que abrir mão da sua cidade, para viver em outra, e acha que é melhor ele desistir. Qual melhor atitude devo tomar, perante essas possíveis dificuldades, e como posso vencê-las?

Anônimo disse...

É necessário MUITA maturidade pra aceitar uma mulher que já tem filhos. Eu, particularmente, assumo que não tenho essa maturidade. Entre namorar uma mulher-mãe e ficar sozinho, prefiro ficar sozinho. Sei que posso estar "errado" e que muita mulher vai querer a minha "caveira" agora, mas essa é uma opção minha. Ainda bem que tem muita mulher sem filhos por aí e (melhor ainda) eu tenho uma namorada que não só não tem filhos como também não pensa em ser mãe, assim podemos viver a vida bem mais intensamente. Saudações

Denise disse...

Entendo a sua opinião...e acredito que vc esta certo, visto que não tem maturidade ainda para assumir um relacionamento como este. Mas também acredito que a gente não escolhe uma pessoa para amar, o amor simplesmente acontece entre duas pessoas, sem mesmo a gente querer. E acredito que o amor esta acima de tudo. E estes problemas que citei acima já foram todos superados, e já apareceram outros que também já foram superados. E assim vai indo. Relacionamento nenhum é facil, é preciso ter paciência, confiança, respeito, e acreditar que qualquer problema se tornará pequeno, se estivermos um ao lado do outro, andando na mesma direção.

Anônimo disse...

O texto é ótimo, mas será que na prática funciona mesmo?Sou separada a 10 anos e até hj não deu certo nenhum relacionamento,vejo que os homens vêem apenas como apenas uma oportunidade de uma transa. Tenho dois filhos ciumentos,numa cidade pequena e até o momento sozinha. Sexo é fácil,amor impossivel :(

Anônimo disse...

BOM, PARA TER UM RELACIONAMENTO COM MULHER-MÃE, 1º ELA TEM QUE SABER QUE OS FILHOS VÃO CRESCER E SAIR (BALADA NAMORAR CURTIR A VIDA)
2º ELA TEM QUE VALORIZAR O PARCEIRO ACIMA DE TUDO, PORQUE QUEM VAI FICAR COM ELA NESSES MOMENTOS E O PARCEIRO, ENTÃO ELE TEM QUE SENTIR AMADO, OS FILHOS TEM QUE FICAR EM 2º PLANO.SE FOR PEQUENO, BOM A MULHER TAMBÉM TEM QUE DAR MUITO AMOR PARA O PARCEIRO, DEIXAR ELE EDUCAR TAMBÉM E ELA SABER QUE TEM A PALAVRA E O PARCEIRO, E ELA NÃO TEM QUE FICAR COM RAIVA PORQUE O PADRASTO DEU UMA DURA NAS CRIANÇAS, TEM QUE APOIAR E SEGUIR EM FRENTE, JÁ TIVE UM CASO ASSIM, SIMPLESMENTE SAI FORA, OS FILHOS MAL EDUCADOS, A MÃE NÃO TINHA PULSO, E COMIGO ELAS NÃO TINHAM CHANCE DE SER BAGUNCEIROS PORQUE EU FALAVA MESMO, PARA O BEM DELES PRÓPRIOS, MAS ELA FICAVA COM RAIVA DE MIM E CORRIA PARA AGRADAR OS PESTINHAS, FALEI: E ASSIM AGORA IMAGINA DEPOIS DISCIPLINA,E RUIM, MAS TEM QUE TER. ENTÃO ACHO QUE E UMA TREMENDA ROUBADA, SAIAM FORA ENQUANTO NÃO AMAM, ACONTECEU COMIGO, FOI MUITO RUIM MAS SAI.

VANSDHELL disse...

Amigos e amigas. VOU RELATAR AQUI MINHA EXPERÊNCIA COM MULHER – MÃE, POIS BEM, NAMORO A 5 MESES ESSA MULHER,( BACANA,ÓTIMA DE CAMA,DELICIA DE MULHER)VAMOS AO DETALHE: TEM 2 FILHOS PEQUENOS, O PAI SO PAGA A PENSÃO E NEM VAI LA.(DURANTE 5 MESES NUNCA VI O CARA)SAIO COM ELA E SABE EM QUE EU GASTO?SO COM A GASOLINA DO MEU CARRO,ELA QUE PAGA TUDO, MAS TUDO MESMO, ATÉ O MOTEL…JÁ TENTEI PAGAR MAS ELA NÃO DEIXA,ENTÃO ESTOU NUMA ZONA DE CONFORTO,DOU O QUE ELA QUER , E ELA TAMBEM ME DA O QUE EU QUERO, FAÇO A LEI DO ESPELHO,, EU TE DOU VOCE ME DA,E ASSIM VOU LEVANDO, SEM APEGOS E SEM COLOCAR ELA NO PEDESTAL,ENTÃO AMIGOS, NUNCA MAS NUNCA MESMO SE ENVOLVA EMOCIONALMENTE COM UMA MULHER-MÃE PORQUE? 1ºELA NUNCA MAS NUNCA MESMO VAI COLOCAR VOCE EM 1ºLUGAR NA VIDA DELA, 2ºNÃO RELATE EMOÇÕES FÚTEIS AO LADO DELA, NUNCA PENSE QUE ELA VAI TE DAR CARINHO 100%DO JEITO QUE VOCE QUER,PORQUE ELA TEM A PROLE DELA, E E NORMAL QUE ELA SE DEDIQUE MAIS AOS FILHOS,NAMORE FAÇA SEXO COM ELA ANIMAL BEIJE-A GOSTOSAMENTE,FAÇA LOUCURAS COM ELA,MAS NUNCA QUEIRA RECEBER O QUE VOCE ESTA PENSANDO EM TER,(COM UMA MULHER SEM FILHOS E OUTRA COISA)NÃO SE APEGUE TANTO A ELA, E VOCE NÃO VAI SOFRE DE CARÊNCIA, ISSO ELA NUNCA VAI SUPRIR.

RICARDO FISCHER disse...

Infelizmente em minha opinião pessoal tenho que admitir que não é uma boa opção namorar mulheres com filhos. Não se trata de aversão e nem tão pouco de preconceito. Pode ser que tenha algo de bom em namorar uma mulher que tenha filho de um outro relacionamento, más para cada coisa boa eu digo que existem três coisas ruins! Antes de tudo namorar mulher com filho é está pronto e apto à administrar problemas e conflitos! Você que namora uma mulher com filho JAMAIS SERÁ A PRIMEIRA COISA NA VIDA DELA! OS FILHOS SERÃO! Uma mulher divorciada e com filhos ela ainda é casada! Não mais com o ex esposo, más com os filhos dela e esse casamento e indissolúvel! Os problemas são de diversas vertentes e situações sendo para alguns problemas de cunho administráveis e resolução simples e para outros problemas difíceis e de convivência turbulenta ou incompatíveis. Não há o que e como negar os fatos. Os casos em que vi pessoas se casarem com filhos de outros relacionamentos não duraram, o que já era de se esperar. Por incrível que possa aparecer a melhor fase que uma mulher pode propiciar ao homem é justamente quando ela é solteira, sem filhos e sem história pregressa. Infelizmente!

Ricardo Fischer

Anônimo disse...

Já namorei duas mulheres com filhos. Ambas por pouco tempo. Eram inteligentes, bonitas. Tinham, ambas, sido casadas, quer dizer não tiveram filhos por acaso ou descuido. Uma era professora universitária com doutorado, a outra servidora pública estável.
O problema com uma é que estava na cara que ela queria um pai para os filhos. Eu fingia que não era assim no início, mas era óbvio.
A segunda era até bem carinhosa, mas ficou claro que eu teria com ela o tempo que sobrasse após filha e trabalho. O que em em si não era mal porque eu gosto muito de ficar só. Mas a questão de eu ser a terceira prioridade,... não, não. Resolvi terminar após cinco meses.
Agora digo, sem rancor, menosprezo ou orgulho: Prefiro ficar só a me relacionar com mulheres com filhos. Homens sem filhos nÃo deveriam entra nesta. Assim como mulheres sem filhos com homens com filhos é ruim também. A estrutura de via, as prioridades sÃo bem distintas. Nada a ver.

Anônimo disse...

Estou tentanto sair de um relacionamento assim, mas está dificil. Se pudesse voltar no tempo, jamais entraria nessa roubada

Anônimo disse...

Eu namoro com uma mulher que tem um filho de três anos estamos juntos a dois no começo era legal pois a criança tinha pouco mais de um ano, eu não tenho filho e me sentia meio o paizão, depois o ex namorada começou a infernizar por que ela estava namorando, o merda usava o menino para chatear a mesma, eu não podia fazer nada, por que a criança não me pertence, o que me restava era escutar as lamurias da mãe, tive muita paciência e o amor venceu. agora que a criança esta mais crescida tomou birra do pai biológico, se vai para casa dele nos fins de semanas determinados pela justiça logo ela leva o menino de volta de tanto que a criança chora, chamando pela vó e pela mãe, com isso os nossos fins de semanas se foram, se a minha namorada cogita sair comigo a sós a sogra já olha com aquela cara para minha noiva do tipo: já vai dar né, estou me sentindo meio de lado, gosto muito dela é uma pessoa fantástica, batalhadora, mas vou confessar o caso de filhos pesa sim e como pesa, coloquei nas mãos de Deus e vou deixo-lo agir se for pra ser será.

Anônimo disse...

eles isso aí melhor namorar mulheres sem filhos bem melhor camarada

LinkWithin